Repetição de Direção & Espaço

DIREÇÃO

Na repetição de direção não poderá haver ambigüidades. É importante reconhecer que elementos formais circulares, muito complexos ou orgânicos, impedem ou dificultam a nossa percepção de direção dessas formas. Ao contato com elementos dispostos e que apresentam sintomas de mesma direção no interior de uma composição, rapidamente nos damos conta de que existe harmonia e que essa harmonia vem carregada de movimento, como numa dança, e de que existe também uma continuidade desse movimento.

As repetições de direções chamam atenção do observador por lhe ‘dizer’ que nesse espaço algo está subjetivamente proposto. Que foi criado intencionalmente para o seu olhar .

Há uma relação ontológica humana entre repetição e confiabilidade nas situações e eventos.

 

ESPAÇO

Por repetição do espaço devemos entender que elementos no espaço também é outro fator preponderante quanto à característica da visualidade conseqüente dessas interações. Quanto mais elementos repetidos num mesmo espaço, maior complexidade e, portanto, mais provocação de sensações de uniformidade. Quanto menos elementos, mais sensações que remetem à simplicidade da composição.

[continua]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: