Dormitório Mundo

🌎 Gente, e esse dormitório que estou apaixonada por ele?! 💚
Para quem curte um estilo diferenciado e quer um cantinho da casa customizado com a sua cara, o pedido é para que o ambiente fuja dos padrões ‘normais’. E aí está o resultado. O céu é o limite! 🤩

Design por : Débora Bonetto Arquitetura

ÁREA GOURMET EM ESPAÇO PEQUENO

Sabe aquele seu quintal que você não sabe o que fazer com ele? Que tal transformá-lo numa linda área gourmet para reunir todos os seus amigos e familiares?

Essa foi uma ótima pedida de uma cliente e eis que um espaço vazio ganhou vida!💕 Quer reformar ou construir? Entre em contato conosco clicando AQUI, ficaremos felizes em atendê-lo! 🤗😘😍

 

Espero que tenham gostado 😀

Para mais informações: Clique aqui

Cabeceiras de cama, qual a melhor opção?

IMG_20200424_122029_480.jpg

🏡  Olá pessoal! Hoje é dia de dicas para a #cabeceira da sua #cama! Não sabe como posicionar de forma correta? Então vamos lá :

🔸Sensação de quarto ‘mais alto’ – nessa modalidade, a ideia é fazer com que a percepção do #ambiente seja de que seu quarto possui ‘pé direito’ (distância do piso até o teto) mais alto do que realmente é. A amplitude se faz num sentido vertical, é indicado para apartamentos com pé direito baixo, para compensar a ‘falta de altura’ no ambiente.

🔸Sensação de quarto mais largo – Nessa opção a moldura da cabeceira deve ser feita no sentido horizontal, como indicado na imagem, quando se opta por esse tipo de cabeceira, o quarto passa a impressão de ser mais largo do que realmente é. Indicado para ambientes apertados.

🔸Mantém a proporção do quarto – nessa opção, o quarto não parece nem maior, nem menor do que realmente é. Se você está satisfeito com o tamanho do seu quarto, pode optar por esse estilo de cabeceira, pois ele não intervém nas dimensões visuais do ambiente e enquadra a cama super bem.

🔸Sensação de #amplitude – se você quiser investir num visual amplo, tanto horizontal quanto vertical, use a parede toda para o enquadramento da cama, nessa opção você pode usar uma decoração para a parede, caso não queira ela lisa, pode usar quadros, molduras, entre outros.

Lembrando que para criar a cabeceira você pode optar por diversos tipos de materiais, desde tintas comuns até papéis de parede diferenciados, gesso 3D, painéis de madeira, dentre tantos outros materiais que podem ficar maravilhosos se usados de forma correta! ☺️ Espero ter ajudado vocês! Se gostou deixa um like 😉

Beijos e até a próxima 🙂

Iluminação natural, o que é?

O que seria iluminação natural? Nada menos que um ambiente que, durante o dia, não necessita de iluminação artificial (lâmpadas) pois o mesmo é iluminado pela luz solar! Esse tipo de edificação geralmente é mais aconchegante e confortável, pois interage com a natureza e usa os seus recursos para tornar tudo mais confortável! Confira na imagem alguns tipos de iluminação natural através de rasgos na cobertura da edificação 😉

WhatsApp Image 2018-07-30 at 10.03.28.jpeg

Qual a altura ideal para o pendente?

Muitas dúvidas surgem na hora de decorar uma casa! Hoje vou postar uma dica que pode te ajudar na hora de saber qual altura ideal para seu pendente!

Para mais informações, entra em contato com a gente, só clicar no link abaixo:

Enviar mensagem para Débora Bonetto Arquitetura & Interiores

11.jpg

Imagem: Pinterest

Essas alturas são indicadas para que haja uma boa iluminação e conforto visual em seu ambiente! 😉

Débora Bonetto.

Pranchas de projeto, como organizar?

Oi pessoal! Sei que muitas pessoas se enroscam na hora de montar uma prancha, então vamos a alguns passos para que você tenha mais facilidade na hora de criar sua prancha! Vou dividir a matéria em alguns módulos, então terá continuação 😉

DIAGRAMAÇÃO DE PRANCHAS.

O que é isso?

A diagramação de uma prancha nada mais é do que a ordem com que você insere as informações na sua prancha de projeto. É simples e ao mesmo tempo difícil. Alguns cuidados devem ser tomados ao se inserir as informações na prancha, quais são eles? Vamos lá:

Conteúdo

Antes de qualquer coisa, selecione o conteúdo que terá cada prancha, por exemplo, se eu quero distribuir as informações em três pranchas, quais serão as informações de cada uma delas? Organize! Por exemplo, uma para planta baixa e seções transversais, outra para ventilação, insolação, fluxos e outra para informações estruturais. Assim seu projeto ficará mais fácil de ser lido, como sabemos, os arquitetos leem desenhos 😉

Dimensão

Gente, façam testes! Os tamanhos das imagens nem sempre irão ficar do jeito que estamos imaginando, então façam testes antes de plotar, eu vou dar uma dica que me é muito útil: plote em formato PDF e quando visualizar o arquivo, coloque 100% e veja o tamanho das imagens, se a imagem não ‘estourou’, essas coisas, se estiver ok, então está pronto para ser impresso!

Relevância

Aqui muitos pecam! Sempre que formos inserir informações nas pranchas, temos que pensar o que é mais importante, quais informações não podem passar desapercebidas. o que for mais importante, a escala será maior e terá mais destaque, o que for menos relevante, pode estar em escala menor e não precisa ocupar espaço privilegiado na prancha. As vezes vemos umas setas de norte maiores que a planta baixa, rs

Padrão

Nunca se esqueça de, antes de começar a inserir as informações na prancha, estabelecer um padrão para elas, para que seu projeto não fique parecendo um Frankstain… rs , então sempre separe as fontes, o tamanho das fontes, como será os títulos? Itálico, negrito? E o corpo do texto? que fonte você irá usar? Organize tudo antes de começar para ficar bem apresentado!

Composição

Este ponto vai depender da sua criatividade. A geometria sempre ajuda nesse momento. Você pode separar sua prancha em seis partes iguais e distribuir as informações em cada parte, ou pode deixar um espaço no centro e dividir o restante em mais quatro quadrantes, aí vai do seu gosto pessoal e de como as informações se encaixam na prancha, como se relacionam entre si.

Lembre-se que você tem que fazer com que o leitor percorra toda sua prancha, então estabeleça um caminho, ele vai começar lendo o título, o sub título, depois irá para o projeto, os cortes, isso é você quem estabelece com padrões, dimensões, cores, destaques!

Essas são algumas dicas valiosas, espero ter ajudado!

Beijo,

Débora Bonetto329a6666b170b1cff508e5835589ad39.jpg

Exemplo de prancha – concurso site hometeka