Casas de Adobe

WhatsApp Image 2018-08-20 at 15.09.36

Casa de Adobe no sertão mineiro. Adobe é uma técnica construtiva vernacular, muito utilizada em regiões carentes, onde o tijolo é feito de terra crua e água (barro) juntamente com a palha. Algumas vezes é encontrado o uso de outras fibras nesse tipo de construção. A argila é moldada in loco (no local da obra) e inicia-se o processo construtivo do edifício. A construção com Adobe foi amplamente utilizada nas civilizações antigas, esse método proporciona conforto térmico, rapidez na execução, baixo custo e sustentabilidade. Se optar por esse tipo de técnica construtiva, o ideal é que o acabamento seja realizado com algum tipo de vedação externa para que os tijolos fiquem protegidos da ação da chuva, também é importante a execução de beirais para proteção da edificação. Para fundação, usa-se normalmente pedras comuns como o xisto numa espessura de 60cm acima do solo para que não haja contato direto da edificação com a umidade da terra, preservando assim o estado de conservação do que será construído.

Da série: faça você mesmo

Fala pessoal, tudo bem?
Hoje eu trago para vocês uma ideia bem bacana de uma caixa de madeira que foi tratada e colocado rodízio para virar um lindo revisteiro. Achei a ideia muito interessante e é super simples de fazer. Dá pra usar na sala, quarto, banheiro, estar. Olhem o resultado que legal 🙂
dia 05 07.jpg
imagem: tudoartemilideias.blogspot.com.br

 

Revestimento Sustentável

O que são madeiras e tijolos de demolição?

Tijolos e madeiras de demolição são materiais reutilizados de construções dos anos 1910 a 1940, que dão ao lar um aspecto rústico. As peças são de ótima qualidade e carregam aspectos importantes da arquitetura brasileira. As madeiras e os tijolos de demolição podem ser usados em revestimentos aparentes, painéis, pisos e móveis. Por trazerem marcas e imperfeições próprias do tempo, podem custar mais caro, diferentemente das réplicas, que são materiais novos e envelhecidos propositalmente, de forma artificial.Nas décadas de 1960, 1970 e 1980, os preços desses artigos eram baixos, pois a cultura do reaproveitamento não existia. Hoje, a procura por itens de demolição é grande, e os valores subiram.

Fonte: Casa e Jardim, revistalareira com vista para o exterior
Ao mesmo tempo em que aquece o living, esta lareira proporciona visual acolhedor na área externa da casa, pelo fechamento com vidro no fundo. No projeto da arquiteta Kika Casmamie, o assoalho de madeira de demolição sobe pela parede (Foto: Maíra Acayaba e Marcelo Magnani/Casa e Jardim)

Volumetria mais pura.

3

 

Para os amantes de uma boa arquitetura, essa residência é o must! Tem detalhes em madeira e concreto aparente, que pessoalmente eu amo e tem um balanço que destaca a residência! Amei o projeto e estou postando pra vocês analisarem e verem o que acham! 🙂

7

O balanço, ocupado por sala de estar e de TV,  de 5,5 metros representa o desafio da estrutura. Como não existe um vão de contrabalanço, a sustentação do pavimento superior é feita por um conjunto de tirantes e mãos-francesas que transmitem os esforços para as vigas da cobertura e para os pilares mais próximos. Ele se estende quase até o limite de recuo frontal do terreno e, flutuando sobre o solo, passa a sensação de leveza. Seu fechamento emprega grandes planos transparentes que asseguram visão panorâmica da serra e ainda garantem iluminação natural a grande parte da casa.

 

5 6

4 2 1

Projeto de Giuliano,Gustavo e Inácio.

Fonte: Arcoweb

Fotos:Pedro Kok

Armada House – Canadá

Localizada em Victoria, no Canadá, a Armada House é um projeto do escritório canadense KB Design. A luxosa residência possui, aproximadamente, 430 metros quadrados que são distribuídos em dois andares. Madeira, concreto e vidro são os materiais mais utilizados na construção, dando um ar contemporâneo a residência.

Fonte: arktetonix