Salvador, Bahia

Pelourinho SSA

Centro Histórico de Slavador, Bahia.

Patrimônio Cultural.

Salvador foi estabelecida como a primeira capital das terras portuguesas do novo mundo. Para a construção da cidade foi escolhida uma área estratégica: Lugar com águas tranquilas e com a existência de um amplo platô de 65m acima do nível do mar. A cidade foi construída em dois níveis – Uma ‘cidade alta’, destinada às zonas residenciais e administrativas, e a ‘cidade baixa’, voltada para as atividades portuárias, conforme tradição urbanística portuguesa.

slavador1

Nas residências de Salvador, não havia separação de espaços – Rico/Pobre – A separação se dava no interior do imóvel.

Residências e variados comércios eram misturados, sendo assim, observou-se a necessidade de uma organização dos tipos de comércio que foram então estabelecidos por rua, ou seja, a rua X atenderá às tabacarias, a rua Y atenderá aos serviços de Alfaiates, e assim por diante.

Centro-histórico-de-Salvador

No século XVIII, a cidade de Salvador não contava com sistema de água e esgoto, tornando o lugar insalubre. Começou-se, desde então a haver uma preocupação em relação à salubridade dos ambientes, fazendo com que fossem adotados novos métodos para que esse problema fosse solucionado. Nessa época houve uma separação entre classe rica e  classe pobre, destinando-se então eixo norte para os empobrecidos e eixo sul para os mais abastados. O centro histórico de Salvador tem uma característica heterogenea, devido ao fato de que ao passar dos séculos, os usos e costumes da região iam se alterando, refletindo-se então na arquitetura. Isso ocorreu por longos cinco séculos. Hoje vemos os resultados estampados nas mais diversas arquiteturas encontradas no local.

mapa-centro-historico

A cidade como bem cultural.

cidadeComo podemos enxergar a cidade como bem cultural? Através de três pontos principais, são eles:

A cidade como ARTEFATO:

Usos diversos da cidade compreendidos por: padrões locacionais, configurações topográficas, traçados urbanos, formas arquitetônicas, arranjos espaciais, estruturas, etc.

A cidade como CAMPO DE FORÇAS:

Espaço com conflitos, interesses, confrontos de interesse econômico, político, social e cultural.

A cidade e sua REPRESENTAÇÃO SOCIAL:

Qual imagem da cidade as pessoas tem, qual mensagem a cidade passa ao morador/visitante/turista.

Resumo da primeira parte do Livro PATRIMÔNIO – Atualizando o debate. 

 

Sana

Sana?

No exterior:

Sana é a capital e a maior cidade do Lémen. Localiza-se a cerca de 2 210 metros de altitude, no interior do país. Em 2012 possuía 1 937 451 habitantes. É um centro importante desde o século IV. A Cidade Antiga de Sana, ou seja, a parte murada, com seus altos edifícios de adobe ornamentados a branco, foi colocada pela UNESCO, em 1986 na Lista do Património Mundial.

 

Imagem

 

 

No Brasil:

Sana é um lugarejo bucólico longe dos centros urbanos do Rio de Janeiro, se localiza na Serra de Macaé e é cortada pelo rio Sana. Em Janeiro de 2002 Sana foi decretada Área de Proteção Ambiental. Há muitas cachoeiras e pocinhos na região com águas límpidas, boas para mergulhos. A cidade tem a altitude que varia entre 300 e 600 metros, tendo como ponto mais alto o Pico do Peito do Pombo, com cerca de 1.400m de altitude. A região é rica em recursos hídricos e em biodiversidade da Mata Atlântica, lugar ideal para curtir o frio da montanha no inverno e se refrescar nas águas geladas no verão. Muitos atrativos necessitam do acompanhamento de guias especializados. Texto: Portal EcoViagens

Imagem